Clube da Menô

A minha vida só é possível incrementada!

Textos


DEVAGAR E DIVAGAR
POEMA POR GILBERTO CHAVES
VÍDEO PUBLICADO EM 4 DE NOVEMBRO DE 2016
Formatação por Leila Marinho Lage

O Power Point original foi realizado em 2007, QUANDO GILBERTO FEZ A PUBLICAÇÃO. Eu modifiquei a apresentação (abaixo) pra vídeo em novembro de 2016.

Todas as manhãs eu acordo com as notícias do MUNDO E PRINCIPALMENTE COM AS DO RIO DE JANEIRO. Eu não aguento mais ouvir sobre assassinatos, estupros, roubos, balas perdidas que penetraram cidadãos, políticos safados, políticos e policiais criminosos, gente que quer se dar bem e simplesmente extingue populações...

Não aguento mais saber que pessoas morrem por não terem assistência médica ou perderam suas casas ou sua dignidade! Estou cheia disto tudo!

Talvez não cheia, mas VAZIA... Estão tentando me esvaziar! Por isto volto tempos atrás, quando eu era mais inocente que hoje em dia. Quando eu brincava com computador. E, por isto, publico quase que originalmente a minha formatação antiga para o texto de Gilberto Chaves.

Eu aprendia a fazer as coisas. Escolhi este texto. Hoje o mesmo me diz ainda mais. Eu podia fazer melhor hoje, mas respeitei minha pureza, talvez a minha esperança, ao ler tal poema.

O que eu mais queria era a tranquilidade de anos atrás, a leveza que eu nem imaginava acabar, diante da vida de hoje! Eu queria apenas ser LEVE!

Por isto tento nas horas vagas ser "DEVAGAR", fazendo bobagens na INTERNET, DIVAGANDO COMIGO MESMA.
 
Leila Marinho Lage
Clube da Dona Menô

DEVAGAR: https://www.youtube.com/watch?v=ojUX4sPO_X
 




 
Leila Marinho Lage
Enviado por Leila Marinho Lage em 05/11/2016
Alterado em 05/11/2016
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ao copiar e divulgar meus textos, imagens, áudios e apresentações em power point slides, dar os créditos devidos e citar meus sites: http://www.clubedadonameno.com e http://www.clubedameno.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras