Clube da Menô

A minha vida só é possível incrementada!

Textos

Como vencer na vida em 5 lições (Cap II)

O grande guru da seita OSB (Os Seguidores Bilgueitzianos) me deu as energias necessárias para prosseguir meu livro. Cantando mantras, quando repito quinhentas vezes em frente ao computador “Aum, Aum”, sentada no chão com as pernas cruzadas, em posição de Budha, assim consigo chegar ao Nirvana. Tá certo que depois de dez minutos o som emitido é pela dor...mência (Aum, Aum!), mas nada melhor do que me sentir fora do corpo para poder escrever, né?

Inicio minhas regras para o sucesso. Como todo roteiro necessita de um roteiro prévio, aqui devemos definir o que seja vencer na vida e as estratégias que podemos seguir.

1 - Vencer é se dar bem em alguma coisa.

O discernimento do que é se dar bem engloba outros tópicos. Eleja suas prioridades:

Vencer é estar acima dos outros
Vencer é estar além dos outros
Vencer é estar, apesar dos outros
Vencer é estar, e estar também com os outros

2 - Para vencer é necessário saber quais armas desejamos utilizar e qual tática vamos assumir.

Toda tática depende da índole e caráter de cada um. Podemos usar armas limpas ou sujas. A própria definição do que seja uma arma suja é conceito de quem as usa.

O certo e errado mudam de acordo com o erro e o acerto. Por exemplo, um índio é considerado um pecador aos olhos do civilizado. Ele é puro por ignorar o pecado. Diferente daquele que conhece o pecado, mas o ignora.
 
Para se vencer o homem tem que estar consciente de sua honestidade. Aqui não cabe apologia à honestidade, mas em ser honesto consigo mesmo. Assumir-se canalha ou uma pessoa dotada de valores espirituais é condição sine qua non para se chegar a algum lugar.

Deve-se ter em mente o que se deseja alcançar: se o reconhecimento por ter ou não vencido, mas usando de honestidade, ou simplesmente vencer a qualquer custo.

Normalmente quem é o tempo todo honesto não possui tanta garra quanto o desonesto, que jamais espera reconhecimento, talvez, ao contrário, nada espere de ninguém, muito menos ser reconhecido em algum lugar.

3 - A regra mais importante para se vencer é não esmorecer e acreditar em você mesmo

Para isso é preciso já se ter definido as armas. Não é possível lutar sem armas. Os adversários são poderosos, principalmente quando moram dentro de você mesmo. Mas não se engane: não é só pensando que se chega a algum lugar. Muitos esperam que você fique pra trás. Saiba encontrar seu espaço pra brigar ou bata em retirada para outras batalhas. Tenha sempre na manga uma outra carta, o plano B. Muitas vezes o plano B deveria estar em primeiro plano e você não queria aceitar.

Para se tomar uma decisão radical é difícil. É comum passarmos a vida toda para tomá-la. Uma vez tomada, não desanime.

4 – Seja autêntico

Como nada do que você possa ter bolado para vencer na vida é original, adapte os exemplos bem sucedidos às suas necessidades. Só não imite feio... Imitar feio é feio... E prepare-se para assumir as consequências de seus atos, honestos ou desonestos.

5 – Quem mandou nascer?

Agora não tem jeito... Se lhe colocaram neste mundo pra viver, só três situações pode optar:

Sobreviver – bem ou mal.
Gozar a vida – sejam quais forem seus prazeres.
Matar-se – que pode até ser o plano B, mas seria uma vergonhosa derrota...



Leila Marinho Lage
Enviado por Leila Marinho Lage em 23/07/2008
Alterado em 23/07/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras