Clube da Menô

A minha vida só é possível incrementada!

Textos


Quero-o, quero-lhe

Arte moderna, mais arte é a minha.
Eu o quero em distantes línguas,
Legendadas por uma mulher,
Em breves palavras, que soube dizer
Aquilo que muitos anos subtraem
Ou acrescentam à nossa vida.
Quero-o, quero-lhe,
Moderna arte, sem rima,
Irremediavelmente ligada 
À paixão,
Ao desapego,
Ao irreverente,
Ao simples.
Ao que de melhor existe.
Quero-o, quero-lhe!
Pelo resto da vida.
Da vida restante, 
Do que me resta,
Do que resto.
Quero-o, de todo o meu amor restante,
Quero- lhe na vida que demais está à frente
Quero-o além do tempo 
E de tudo que eu enfrente.
Quero-lhe na realidade que não mente.
                                                                 
Leila Marinho Lage
Enviado por Leila Marinho Lage em 19/05/2009
Alterado em 20/05/2009


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras