Clube da Menô

A minha vida só é possível incrementada!

Textos


MODERNIDADE E ACESSIBILIDADE

Marcos participava da passeata em favor da inclusão social  dos deficientes físicos, no dia 19 de setembro de 2010, que aconteceu em Copacabana. Ele dirigia com o queixo sua cadeira motorizada.

Minha amiga Márcia Garcês, sobre quem tenho constantemente falado, visitou recentemente a "2ª Feira Muito Especial de Tecnologia Assistiva e inclusão Social das Pessoas com Deficiência do Rio de Janeiro" e me disse que existem atualmente equipamentos moderníssimos, em várias modalidades, para  todo tipo de deficiência, porém não é qualquer pessoa que pode arcar com isso.

Um dia Márcia ganhou uma cadeira dessas, que ainda aprende a dirigir, pois em sua casa e na rua onde mora é impossível usá-la: sua casa não é adaptada e a rua oferece riscos para cadeirantes.

O transporte da cadeira eletrônica em carro comum é muito difícil, pois precisa ser desmontada e é pesada. Quem depende de táxi tem outro problema, uma vez que a cadeira só entra em malas grandes. O que me revoltou foi saber que ela faz sinal para os motoristas e que eles negam tripulá-la.

Márcia me informou que existem cadeiras automáticas até movidas a sopro. Pelo que ela falou, se sopramos para frente, a cadeira vai pra frente vai para frente; se para os aldos, ela segue a mesma direção. Para trás eu não sei como é...

Curiosa, eu brinquei: "Se a pessoa estiver gripada e espirrar?...". Ela olhou ironicamente para a praia e respondeu: "Ora! Cai no mar!".
 

Leila Marinho Lage
Rio, setembro de 2010
http://www.clubedadonameno.com

Poderão entender melhor este texto quando lerem os artigos sobre o tema, em ordem alfabética, nos capítulos sobre "ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO SOCIAL", "MÁRCIA GARCES"  e "NA PASSEATA", no Espaço Cultural de Dona Menô:
http://www.clubedadonameno.com/devaneios/menu_novo5.asp
 
 

Leila Marinho Lage
Enviado por Leila Marinho Lage em 23/09/2010
Alterado em 26/09/2010
Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras