Clube da Menô

A minha vida só é possível incrementada!

Textos


 PAPO DE VELHO
 
- Estão reprisando um filme antigo que eu quero ver. Você me leva? Com aquele ator do bigodinho famoso. Como era mesmo o nome dele?...
 
- Groucho Marx?
 
- O bigode não era tão exótico...
 
- Charles Bronson?
 
- Não. To esquecida mesmo... Vê se lembra... Um bigodinho ridículo.
 
- Chaplin?
 
- Não! O cara era bonito.
 
- Magnum.
 

- Não... Ele era macho e o bigode fino.
 
- Santos Dumont.
 
- Imbecil, Dumont não era bonito, nem ator era. E o galã não precisava de teco-teco pra me levar às nuvens... Ai, meu Deus, era um filme que tinha um incêndio, um corre-corre danado.
 
- Inferno na Torre?
 
- Não.
 
- O último dia de Pompeia? Quo vadis?
 
- O sujeito não era doido.
 
- Terremoto.
 
- Terremoto é terremoto, não é incêndio.
 
- Quem disse? Terremoto faz qualquer coisa.
 
- Você tá confundindo ainda mais minha cabeça... Tinha aquela música famosa: “TAM, TAM, TAM, TAM...”.
 
- Ah, tá... To assimilando tudinho...
 
- É assim: tam, tam, tam, tam...
 
- Pare de cantar. Se a música é assim jamais faria sucesso.
 
- Ok... No filme havia uns cavalos.
 
- Um Homem Chamado Cavalo? O Encantador de Cavalos?
 
- Não. Filme mais antigo.
 
- Ben-Hur?

 
- Chega! Passo pra outra: a atriz principal gostava do mocinho; armou a maior zona por causa disso.
 
- Salomé?
 
- Cacilda... Ela não era piranha. Acho até que não era comida. Era meio cafajeste.
 
- O Diabo Veste Prada?
 
- Não. Mais pra pirada.
 
- Atração Fatal?
 
- Não tão pirada...
 
- Joana d'Arc?...
 
- Que isso?! Joana d'Arc não era pirada!
 
- Ah, era, sim! Pelo menos achavam. Você não falou em fogo? Lá tinha de montão.
 
- Não... A mulher fazia o diabo pelo cara.
 
- O Exorcista?
 
- Não tão endemoniada... E desde quando "O Exorcista" é filme de amor?
 
- Bem, a atriz fazia de tudo um pouco... Até rodava a cabeça a 360 graus. Mulher não fica com a cabeça virada quando ama?
 
- A mulher era meio autoritária; assim, meio mandona.
 
- A Rainha Elizabeth!
 
- Cara, a atriz era bonita...
 
- Como pode ser bonita e ninguém comer?
 
- É que ela só queria saber da casa dela. Como é mesmo o nome?...
 
- A Casa Branca.
 
- Não.
 
- Casablanca.
 
- Não!
 
- A Casa do Lago, A Casa do Espanto, A Casa dos Espíritos?
 
- Não, não, não!
 
- A Gata Borralheira!
 
- Que tem a ver a "Bela Adormecida" com tudo isto?
 
- Tinha casa, era bonita e alguém comeu depois que acharam o sapato dela. E você está trocando a bolas: a "Bela Adormecida" não era a "Branca de Neve".
 
- Caraca! Acho que estamos os dois trocando as bolas...
 
- Pelo menos nas estórias há casa...
 
- Mas o filme é um épico romântico. Não é filme de criança!
 
- Vamos embora que vai cair o maior toró. Chi! Lá se foi o chapéu...
 
- "E O VENTO LEVOU"!
 
- Tem problema, não. Eu compro outro...
 
Leila Marinho Lage
http://www.clubedadonameno.com
Foto de Luiz G. Martins

Leila Marinho Lage
Enviado por Leila Marinho Lage em 02/04/2008
Alterado em 13/03/2011
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras